Te Contando: A Elite

quarta-feira, 15 de junho de 2016
Como prometido, vou fazer uma maratona da série A Seleção e hoje vamos para o nosso segundo Te Contando destes livros.



Informações

Autora: Keira Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 360
Ano: 2012.

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto. America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer e ela está prestes a perder sua chance de escolher.


Minha opinião: America já sabe que quer Maxon mais que esperava e até imaginava, mas agora, com apenas seis garotas, as coisas estão mais acirradas e alguns acontecimentos a afastam do príncipe. Ela não sabe se é capaz de abrir mão de Aspen e muito menos se deve fazer isso, sente que a caroá é um peso a qual não está pronta para carregar e teme que Maxon seja um grande desconhecido.
Nesse livro sabemos mais sobre Illéa e vemos o romance de Aspen e America mais em evidência – o que me incomoda, não consigo gostar do mesmo – mas isso não faz com America e Maxon sejam deixados de lado. Embora muito falem que esse é um dos livros mais chatos da série, eu discordo, nele vemos uma America indecisa, claro, mas também vemos uma America capaz de lutar pelo acredita. Nele tem mais drama e vemos uma Marlee ainda mais apaixonante que no primeiro livro, Maxon é outro personagem que cresce e ficamos ainda mais apaixonados por May, as criadas e o pai de America, eu diria que é o livro em que os personagens mais crescem.
Com trechos que te fazem chorar, te causam revolta e são capazes de te fazer entrar totalmente no livro e sentir o que os personagens estão sentindo, A Elite é onde a revolta esperada em todas as distopias começa a aflorar e você vê personagens mais humanizados, onde assim como na vida real, são movidos pelo que sentem, mas também são obrigados a cumprir seus deveres, mesmo que às vezes não concordem.


Frases do livro: “- Como é amar?
- Amar é a coisa mais maravilhosa e terrível que pode acontecer com você. Você sabe que encontrou algo incrível e quer levá-lo consigo. E um segundo depois de ter aquilo, fica com medo de perder. “
“O amor é um medo belo.”
“Tinha certeza de que sempre que algo bloqueava o meu caminho, pedaços do meu coração se desintegravam. Mas eu estava errada. Lá, deitada no leito do hospital meu coração se despedaçou pela primeira vez de verdade. E era uma dor indescritível.”



Minha nota: 10.

Esta postagem faz parte do especial Te Contando: Série A Seleção, para ver as outras resenhas basta clicar aqui 







0 comentários:

Postar um comentário