Te Contando: A Seleção

sábado, 11 de junho de 2016
Com o último livro – ou não – em mãos, decidi fazer um Te Contando especial sobre essa série que eu amo, e como dizem: vamos começar do começo rsrsrs.


Informações

Autor: Keira Cass.
Editora: Seguinte
Páginas: 368
Ano: 2012.

Sinopse: Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto.
Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. 
Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...


Minha opinião: De começo fui movida a comprar esse livro por ser uma distopia e isso me lembrava Jogos Vorazes e outros, mas de primeira quero dizer: esse não se parece muito com Jogos Vorazes. A Seleção se trata sim de uma distopia, mas também é o romance que pode até ser clichê, mas amamos.
O livro é narrado por America e seu tempo é no futuro, onde alguns países, no momento já extintos, dão lugar a um novo país chamado Illéa, onde sua população é dividida em oitos castas, sendo a Um a família real e a oito os mendigos. Cada casta possui algumas opções de profissão, de modo que a personagem principal é uma cinco, uma artista, seu amor é um seis, um prestador de serviços e o príncipe é um Um. Você já imaginou crescer limitado por um número? Amar significar descer mais um pouco seu nível de vida, ou subi-lo ao ponto mais inimaginável? É isso que acontece com America.
O livro me cativou por ter uma história bem construída, os personagens não são perfeitos e alguns deles são muito cativantes, May e as criadas de America são os meus preferidos. Nenhum momento a história ficou cansativa e isso é ótimo, não suporto me forçar a ler algo.
Por fim, resta dizer que embora não aborde tanto os sofrimentos de seu povo, ele ainda nos mais refletir e nos preenche com uma personagem de gênio forte que vê suas certezas mudarem com a possibilidade de um novo amor.


Frases do livro:  “Até então eu não fazia idéia de como estava ansiosa para vê-lo. Estava em êxtase ali”
“Acho que às vezes a melhor maneira de esconder um segredo é deixá-lo descoberto.”
“Algo em sua hesitação fez com que eu me sentisse linda(...)Então era assim que uma dama se sentia.”
“Receio que esteja além de qualquer explicação.”
“Espero que encontre uma pessoa sem a qual não possa viver. Espero muito. E desejo que nunca precise saber como é tentar viver sem ela.”


Minha nota: 9,5

Esta postagem faz parte do especial Te Contando: Série A Seleção, para ver as outras resenhas basta clicar aqui 





0 comentários:

Postar um comentário