quarta-feira, 13 de maio de 2015

Tudo dentro de você


Sempre achei que a solidão ajudasse os escritores na hora de fazer seus mais lindos textos, e hoje, como simples aprendiz nessa arte de escrever, percebo que estava certa.
Talvez isso se deva ao fato de que escrever seja algo mais intimista, algo que precisa vir de dentro da gente, o que faz com que a gente necessite olhar pra dentro de si. Escrever é tentar desenfreadamente se entender, tentar colocar em um papel o que a gente mais deseja descobrir sobre si.
Como diz a Hazel em A Culpa é das Estrelas: Meus pensamentos são estrelas que não consigo organizar em constelações. Alguém que escreve certamente entende essa frase. A gente pensa demais, sente demais, necessita demais organizar tudo isso, e assim escrevemos, mesmo que não consigamos cem por cento de eficácia nessa tarefa.
E voltando a solidão, ela é quem mais me ajuda na hora de tentar arrumar todas essas estrelas, esses pensamentos. Tenho o privilégio de conseguir me dar bem com a solidão, por vezes somos melhores amigas, por vezes eu a convido pra sentar junto comigo, mesmo eu já tendo alguém do meu lado. 
É que as vezes a gente procura demais respostas na opinião dos outros, nos rostos de estranhos, quando na verdade as respostas tão dentro da gente. É aí que a solidão entra, toma um chá com você e te desperta pra coisas que você não percebe quando tá em meio a tanta gente.
É com ela que eu converso na hora de fazer meus textos, mesmo tendo gente ao meu lado, como tem agora. É a solidão que eu escuto agora, ou melhor, escuto meus pensamentos mais íntimos, que só vem quando eu a chamo pra sentar ao meu lado. É com a ajuda da solidão e ignorando todas as opiniões alheias que eu escrevo esse texto agora, e divido com vocês.
Quer uma dica? Se dê um minuto de solidão e escute a si mesmo, escute o que vem de dentro de você, aposto que descobrirá coisas e resposta que jamais imaginava conseguir em um lugar aparentemente tão vazio e sozinho, mas que carrega todos os sonhos e anseios do mundo. Você.


2 comentários :

  1. Meu Deus , achei que só eu achava que a solidão ajudava na hora de escrever .... Mas enfim , adorei o texto e também adorei o blog. Você escreve bem e tem futuro ^^

    Eu também escrevo se quiser passa lá no blog para ver esse aqui é o link http://luanneoliveira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre gosto da solidão pra escrever ela me ajuda e muito.
      Que bom que gostou do texto e obrigada pelos elogios :).

      Vou dar uma olhada no seu blog também. Espere minha visita.

      Beijos

      Excluir