Se atraem, mas não dão certo

sábado, 9 de abril de 2016


Temos a mania e de ver romance em tudo, de imaginar um final feliz pra cada paixão que passa na nossa vida e só depois, bem depois daquele vazio que fica pelo fim precoce, a gente vê por que não deu certo e começa a agradecer por não ter dado.
Você e eu, por exemplo, não demos certos por tantos motivos que hoje vejo que sempre estiveram lá, a gente só tentava disfarçar. Nunca fui mulher pra você, baby, acho que você nem me acha mulher de verdade, eu não nasci pra ser sua Amélia - com todo respeito e amor a esse nome.- E sinceramente, você também nunca foi homem pra mim.
Eu nunca tive paciência pra frases super corretas, pra amor medido, muito menos pra seu jeito rígido. Você não teria paciência, não mesmo, pra o meu jeito "rasgado" de falar quando alguém cabeça dura como você se nega a entender, me mandaria embora na primeira oportunidade que eu falasse um não. Nunca teríamos um final feliz.
Eu até acredito que os oposto se atraem, mas fazer essa atração durar e dar certo é o problema. É bonitinho nas histórias, filmes, mas na vida real um tem que ter várias coisas em comum com o outro, caso contrário as diferenças vão anular toda satisfação. A gente não tem coisas em comum o suficiente. 
Você deve encontrar a tal mulher perfeita, eu devo encontrar o homem que aceite minhas imperfeições. A gente foi só mais uma atração que a lei da física explica, mas que na vida real nunca daria certo.




0 comentários:

Postar um comentário