Esse alguém é você

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Sempre que a gente se via e ficávamos próximos a ponto de me fazer pensar em te beijar, eu listava vários motivos para não tentar. Eu fazia uma listinha mental do quanto eu ia perder caso me deixasse viver aquilo, mas a verdade é que eu só ganhei.

Por mais que o medo vez ou outra me ronde e resolva querer me atormentar, eu não consigo imaginar um jeito melhor de viver como vivo agora contigo. Não consigo te ver sem te imaginar de mãos dadas comigo.
Eu posso ter perdido a segurança que eu tinha antes, sobre você tá na minha vida independente da minha estupidez, mas eu ganhei bem mais que isso. Posso ter trocado o amigo que escutava minhas antigas ilusões, mas ainda assim, ou melhor, com toda certeza eu ganhei.
Ganhei um novo amigo, do tipo que depois de escutar qualquer bobeira sua respira fundo e mesmo irritado te dá um beijo. Ganhei alguém que me pede paciência mesmo que a dele já esteja esgotando.
Saí ganhando porque tenho alguém pra segurar minha mão e dizer que está comigo e me dá a segurança que preciso. Alguém que às vezes me encara e me mostra o quanto estou sendo idiota, mas da melhor maneira possível.
Ganhei alguém que me faz chorar de rir e no final me olha como se dissesse o quanto minha besteira o agrada. Que me deixa sem jeito por me elogiar do nada. Que me arranca sorriso só por existir.
Estou com alguém que me deixa sem fôlego e com um nervosismo toda vez que me olha com os olhos cheios de desejos. Ganhei alguém que eu não poderia querer melhor, alguém que depois que chegou não me imagino sem ele, não me imagino só.




0 comentários:

Postar um comentário